Notícia Página Anterior
Empresário individual terá que cumprir exigências para plano de saúde coletivo Empresário individual terá que cumprir exigências para plano de saúde coletivo

Publicado em: 29/12/2017 às 11:02h, visualizado 89 vezes.

Segundo a ANS, a medida é para coibir que empresas sejam abertas apenas para esse tipo de contratação

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) regulamentou a contratação de plano de saúde coletivo por empresários individuais. Segundo resolução normativa publicada no Diário Oficial da União, o empresário deverá comprovar sua condição, apresentando documentos que confirmem a inscrição nos órgãos competentes por no mínimo seis meses e sua regularidade cadastral na Receita Federal.

Segundo a ANS, a medida tem como objetivo coibir abusos relacionados a esse tipo de contratação, como a constituição de empresa exclusivamente para esse fim. Também busca dar mais segurança jurídica e transparência ao mercado, ao estabelecer as particularidades desse tipo de contrato.


Para manter o contrato, o empresário individual deverá conservar a sua inscrição nos órgãos competentes e a regularidade do seu cadastro na Receita Federal. As operadoras e as administradoras de benefícios deverão exigir esses documentos no momento da contratação do plano e anualmente, no mês de aniversário do contrato.


Se for constatada a ilegitimidade, a operadora do plano de saúde poderá rescindir o contrato, desde que faça a notificação com 60 dias de antecedência. A comprovação anual da condição de empresário individual e dos requisitos de elegibilidade dos beneficiários a ele vinculados também deverá ser exigida nos contratos celebrados antes da vigência dessa resolução.

A nova norma estabelece ainda que a operadora deve informar ao contratante as principais características do plano a que está se vinculando, como o tipo de contratação e as regras relacionadas. O contrato só poderá ser rescindido unilateralmente pela operadora após um ano de vigência e na data de aniversário, mediante notificação prévia de 60 dias.

A proposta de resolução passou por consulta pública entre agosto e setembro deste ano, e entrará em vigor em 30 dias.

 



© Copyright 2003 - 2018   |   MV Araújo - Corretora de Seguros. Todos os direitos reservados.

MV Araújo
Rua Conselheiro Dantas 22/24, Sala 702 - CEP: 40015-070
Edifício Bradesco - Comércio - Salvador - Bahia
Fones: (71) 3326-7078 / (71) 3241-6755 / (71) 99928-5192 / (71) 98873-1875 / (71) 98175-6427 /
(71) 99279-2882 / (74) 98126-0204
E-mails: marcosaraujo@mvaraujo.com.br / contato@mvaraujo.com.br
Desenvolvido Por: SAOL