Notícia Página Anterior
Intoxicação por medicamentos: o que fazer? Intoxicação por medicamentos: o que fazer?

Publicado em: 08/10/2019 às 09:18h, visualizado 28 vezes.

MV ARAUJO

Os sintomas e as consequências da intoxicação por medicamentos dependem da droga do remédio, mas podem chegar a ser fatais.

A seguir, veremos os diferentes tipos de intoxicação, algumas indicações para identificar uma intoxicação por medicamentos e as medidas imediatas que devem ser seguidas nesses casos.

5 tipos de intoxicação por medicamentos
Perigos da intoxicação por medicamentos
A intoxicação por medicamentos pode causar sintomas e consequências diferentes, dependendo da quantidade de medicamentos tomados e das características do paciente.


As intoxicações por medicamentos podem ser classificadas em 5 tipos, com base em diferentes variáveis.

1. Dependendo da magnitude das complicações clínicas
Diante de uma intoxicação por medicamentos, as complicações nos pacientes podem ser leves, moderadas e graves.

2. Devido às características do aparecimento dos sintomas
O aparecimento dos sintomas pode ser imediato ou retardado. Alguns medicamentos produzem seus efeitos tóxicos rapidamente, enquanto outros os manifestam após um certo tempo.

Intoxicações reversíveis ou irreversíveis: nas intoxicações reversíveis, a situação é recuperada quando a substância é removida do corpo. Enquanto que nas irreversíveis o dano é irreparável. Isso dependerá do órgão ou função afetada. Por outro lado, também podem ocorrer sintomas reversíveis e irreversíveis simultaneamente.
Intoxicação local ou sistêmica: a intoxicação local é aquela em que o tóxico causa danos no local em que entra em contato com o corpo. No entanto, outras substâncias afetam o organismo de maneira sistêmica ou generalizada. Também pode ocorrer uma combinação de ambos.
3. Dependendo do tempo de início dos sintomas
De acordo com o tempo em que os sintomas demorem em aparecer, a intoxicação por medicamentos pode se classificar da seguinte forma:

Intoxicação aguda: nesses casos, os sintomas aparecem em menos de 24 horas e sua evolução pode ser variável.
Intoxicações subagudas: os distúrbios ocorrem em diferentes níveis. Os sintomas não ocorrem imediatamente, mas se manifestam após vários dias.
Intoxicação crônica: ocorre pela absorção contínua ou repetida da substância tóxica. Pode acontecer que seja absorvida em pequenas quantidades, mas que se acumule no corpo. Aliás, das intoxicações por medicamento é o tipo mais difícil de detectar.
4. Dependendo da causa
Levando em conta como foram produzidas, são divididas em:

Voluntárias: intoxicações produzidas intencionalmente, como no caso de suicídios.
Acidentais: são bastante frequentes no caso de medicamentos. Ocorrem devido à confusão de drogas, overdose ou interação com outros medicamentos ou substâncias como o álcool.


5. Dependendo da via de entrada
Dependendo da via de entrada, podemos classificar as intoxicações em:

digestivas,
inaladas,
através da pele e membranas mucosas,
via intravenosa.
Sinais de intoxicação por medicamentos
Sinais de intoxicação
Tontura e dores de cabeça são sintomas comuns em pacientes afetados por intoxicação medicamentosa. No entanto, pode haver outras manifestações clínicas.

Os sintomas de uma intoxicação por medicamentos dependerão do tipo de medicamento envolvido, da via de entrada e das características da pessoa. Portanto, as consequências também serão variáveis, tornando-se fatais em alguns casos.


Sintomas de intoxicação por medicamentos
Os primeiros sintomas ou sinais podem ser comuns e inespecíficos. Citamos entre outros:

Tontura, dor de cabeça e confusão.
Sonolência ou hiperatividade e dificuldade de movimentos.
Alteração da frequência cardíaca e respiratória.
Náuseas, vômitos.
Alterações visuais e de linguagem.
Diarreia, dor abdominal.
Queimaduras ou vermelhidão nos lábios ou boca e erupções cutâneas.
O que fazer no caso de intoxicação por medicamentos?
Suspeitando de uma pessoa que sofre de intoxicação por medicamentos, é preciso agir rapidamente, mas manter a calma.

Os sintomas de intoxicação podem demorar em aparecer. No entanto, se você suspeitar que alguém esteja intoxicado, não espere até que os sintomas se manifestem.

No Brasil, o primeiro passo é ligar para o SAMU (192). Entretanto, existe um departamento específico para auxílios no caso de intoxicações: o Disque-Intoxicação (0800-722-6001). Uma terceira possibilidade é ligar para o atendimento de emergência do fabricante do produto. Geralmente o telefone encontra-se nos rótulos e embalagens do produto.

Se você souber qual foi o medicamento que causou a intoxicação, será orientado sobre os primeiros passos a serem seguidos ou, se necessário, a necessidade de chamar o serviço de emergência.

Enquanto isso, examine e monitore as vias aéreas, a respiração e o pulso da pessoa. No entanto, você não deve causar vômito, a menos que seja instruído pelo centro de toxicologia ou por um profissional de saúde.

 

Conclusão
Diante de uma intoxicação por medicamentos, os primeiros socorros antes de obter ajuda médica podem salvar a vida de uma pessoa. No entanto, é sempre necessário seguir as recomendações de um profissional.



© Copyright 2003 - 2019   |   MV Araújo - Corretora de Seguros. Todos os direitos reservados.

MV Araújo
Rua Conselheiro Dantas 22/24, Sala 702 - CEP: 40015-070
Edifício Bradesco - Comércio - Salvador - Bahia
Fones: (71) 3326-7078 / (71) 3241-6755 / (71) 99928-5192 / (71) 98873-1875 / (71) 98175-6427 /
(71) 99279-2882 / (74) 98126-0204
E-mails: marcosaraujo@mvaraujo.com.br / contato@mvaraujo.com.br
Desenvolvido Por: SAOL